Arquivo | Arquitetura RSS feed for this section

Fundação Iberê Camargo

11 ago

Sempre em busca de novas formas e referências de estudo, gosto de “jogar” palavras na rede e ver o que encontro a partir delas. E hoje tive a sorte de encontrar uma obra de arquitetura admirável! A Sede da Fundação Iberê Camargo, localizada em Porto Alegre, às margens do lago Guaíba. A Fundação, criada em 1995 (um ano após o falecimento do artista que lhe dá o nome), tem como objetivo preservar as obras de Iberê Camargo, e incentivar a relação do público com a arte, através de estudos, oficinas e palestras.

Iberê Camargo, nascido no interior do Rio Grande do Sul, em 1914, foi um dos grandes artistas brasileiros do século 20. Trabalhou com pinturas, guaches, desenhos e gravuras, tendo como algumas de suas séries mais conhecidas as chamadas Ciclistas, Carretéias e As Idiotas. Deixou um acervo de aproximadamento sete mil obras, das quais muitas compõe o acervo da Fundação Iberê Camargo.

Durante 13 anos a Fundação ficou sediada na própria casa do artista, até que em 1996 o Governo do Estado do Rio Grande do Sul doou um terreno de mais de oito mil metros quadrados, a fim de que fosse projetada uma nova sede. Para tal projeto, foi chamado em 1999, o arquiteto português Álvaro Siza.

O prédio é a primeira obra de Siza no Brasil, e também pioneiro no país no uso de concreto branco aparente, não utilizando tijolos e nem elementos de vedação. O resultado plástico é fantástico, e provavelmente por esta e outras qualidades é que deu ao arquiteto o prêmio Leão de Ouro de Veneza em 2002.

Em maio de 2008, o prédio foi inaugurado como a nova sede da Fundação Ibere Camargo, ampliando suas condições de armazenamento de acervo e de trabalho com atividades ligadas a arte. Pra quem quiser mais informações, a Cosac Naify tem um livro todo dedicado a ela. E aí? Alguém topa marcar uma viagem pra Porto Alegre conhecer o museu? =)